Anahp | Área Restrita

Alteração do quadril e ossos de jovens atletas identificada por ressonância é tema de artigo científico

A utilização da ressonância para identificação precoce de lesões em atletas profissionais e amadores de alto nível tem sido adotada pelo Coordenador da Radiologia do Centro de Diagnóstico e Imagem (CDI) do Hospital Mãe de Deus, Dr Marcelo Abreu, e já resultou em trabalhos científicos sobre achados precoces de impacto no quadril em 60 atletas de futebol amador em treinamento nos clubes de futebol profissional da capital na faixa etária entre 12 a 18 anos. “Através das imagens de ressonância magnética conseguimos mapear alterações muito precoces dos ossos do quadril e cartilagem, que podem levar à artrose de quadril”, explica.

O trabalho serviu de base para pesquisa e tema de mestrado do Dr. Anthony Kerbes Yépez, ortopedista em quadril do Hospital Mãe de Deus, divulgada recentemente na Revista Brasileira de Ortopedia, a mais respeitada publicação da área no País e editada pela Sociedade Brasileira de Ortopedia. Coordenado pelo dr. Roberto Galia, da UFRGS, o trabalho científico utilizou as imagens feitas pelo Dr. Marcelo Abreu. “A aplicação de exames mais rápidos e resolutivos nos pacientes favorece a detecção precoce de lesões do sistema musculoesquelético, prevenindo sua evolução para afecções mais graves como artrose", afirma Dr Abreu.

Na época, os atletas que foram identificados com lesões foram submetidos à modificação do treinamento e preparação física para prevenção de lesões.