Anahp | Área Restrita

Anvisa vê mercado brasileiro de medicamentos no 5º lugar em até 3 anos

O mercado brasileiro de medicamentos, que tem oscilado entre o sexto e sétimo posto entre os maiores do mundo, deverá no período de até três anos subir para a quinta posição, afirmou Jarbas Barbosa, diretor-presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

"[Essa evolução] dependerá do cenário econômico. O mercado brasileiro tem crescido rapidamente devido às fusões e aquisições. Em poucos países ocorreu um movimento semelhante. Precisamos buscar a convergência regulatória e ter capacidade de aprovar normas com padrões globais", disse Barbosa, em evento do Instituto Coalizão Saúde (Icos).

O diretor-presidente da Anvisa afirmou que o setor precisa aproveitar o momento de recuperação econômica para desenvolver mais medicamentos e melhorar a saúde da população brasileira. "Mesmo em ano de recessão, a indústria farmacêutica registrou crescimento, consequência do envelhecimento da população e da possibilidade de acesso aos medicamentos. Das dez maiores fabricantes do setor, quase metade é brasileira, fruto do desenvolvimento da política de genéricos", destacou.

Segundo ele, a equipe da agência reguladora tem buscado prover o acesso da população a produtos inovadores e estimulado que os medicamentos produzidos localmente possam competir no exterior em condições de igualdade com os concorrentes internacionais.

Mandato

Durante o evento, o diretor-presidente afirmou a empresários do setor de saúde que não vai pleitear um segundo mandato na Anvisa. O mandato de Barbosa, que é médico sanitarista e epidemiologista com experiência no Brasil e no exterior, começou em julho de 2015 e terminará em julho deste ano.

Fonte: Valor Econômico
Data: 13/04/2018