Sobre o Livro

O planejamento estratégico para o período 2012-2015 da Anahp, incluiu entre as ações previstas a elaboração de uma proposta voltada para a sustentabilidade do sistema brasileiro de saúde.

A importância do setor e os anseios manifestados pelos movimentos sociais observados recentemente sugeriram que se estava diante de uma excelente oportunidade para repensar o sistema de saúde do país e propor iniciativas que contribuam para a melhoria da atenção à saúde da população brasileira.

O Livro Branco: Brasil Saúde 2015 | A sustentabilidade do sistema de saúde brasileiro nasceu a partir dessa motivação.

Durante o processo de construção do documento foram realizados vários estudos sobre os sistemas de saúde no mundo, análises do atual modelo brasileiro e várias reuniões e grupos focais, a fim de identificar melhores práticas e propostas que poderão contribuir para o futuro do setor, sempre tendo como foco o cidadão brasileiro, conforme figura abaixo.

A partir desse trabalho, foi desenvolvido um modelo esquemático do sistema de saúde, que contempla 10 eixos interligados e divididos em três níveis de gestão. O estudo desses eixos estratégicos proporcionou o desenvolvimento de 12 propostas para a sustentabilidade do sistema de saúde.

Modelo esquemático tendo como centro o cidadão | usuário

É importante ressaltar que esse documento não representa uma abordagem setorial. O ponto de partida do Livro Branco: Brasil Saúde 2015 é o fortalecimento do Sistema Único de Saúde (SUS) e a coordenação e integração entre seus setores público e privado.

A cooperação planejada, baseada em uma rede integrada de cuidados contínuos, é fundamental para a prestação de serviços de saúde. A partir dessa premissa, a Anahp propõe uma série de outras iniciativas que contribuem para a integração entre os setores e para a sustentabilidade do sistema de saúde.